Exames Admissionais

O processo de Avaliação Admissional visa identificar as potencialidades de cada candidato no processo seletivo e o seu possível desempenho no cargo para selecionar aquele que melhor compreende o perfil da vaga. Os exames admissionais consistem em submeter o profissional a testes psicológicos de personalidades ou cognitivos aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia e a uma entrevista, a fim de entender a sua disponibilidade, as competências profissionais e a sua aptidão emocional para as atividades que desempenhará na organização.


Exames Periódicos

Os exames periódicos podem ser solicitados pela Empresa, quando há necessidade de avaliação de potencial dos colaboradores, da avaliação de competências de liderança e reavaliação das condições mentais dos profissionais que atuam em funções de riscos.

O processo de Avaliação de Potencial é uma prática gerencial moderna e uma ferramenta de Gestão de Pessoas construtiva que oferecerá a cada colaborador envolvido, autoconhecimento, uma interpretação científica e objetiva da relação entre a sua personalidade, os desafios do dia-a-dia na profissão, e ainda, perante a cultura da empresa a sua contribuição, geralmente utilizada para reorganização de talentos nos setores da empresa.

A avaliação de competências de liderança, consiste em conhecer as competências técnicas e comportamentais dos candidatos que já atuam na empresa, para melhor desempenho no trabalho individual e na gestão de equipe, geralmente solicitado para promoção de cargos.

Já a avaliação periódica de funções de risco, consiste em conhecer, a partir das vivências pessoais e profissionais desses colaboradores, se sua condição continua apta a função ou necessita de acompanhamento psicológico, visando a prevenção de adoecimento no contexto do trabalho, como: transtornos de ansiedade, depressão, personalidade e conduta, que podem colocar em risco a saúde física e mental deste profissional e de toda equipe, caso não seja identificada a tempo.


Funções de Riscos

 A avaliação psicossocial é uma análise clínica pessoal e ocupacional feita em um profissional que já atua ou ainda irá trabalhar em funções que envolvem riscos, podendo levar o indivíduo a condições extremas e comprometer suas respostas cognitivas, emocionais e comportamentais. Na avaliação, também são aplicados testes psicológicos específicos, que visam compreender os aspectos atitudinais e comportamentais do indivíduo e seu perfil psicológico.

A avaliação psicossocial possibilita às organizações adotarem medidas preventivas em relação à saúde mental dos profissionais e isto acaba diminuindo os riscos de acidentes no ambiente de trabalho e reduzindo os índices de absenteísmo e afastamentos gerados por transtornos mentais.

Por isso, a avaliação psicossocial passou a ser exigida pelo Ministério do Trabalho, através das Normas Regulamentadoras nº 33, portaria 22 que trata da segurança e saúde do trabalhador nos trabalhos em espaços confinados e a NR 35, portaria 313, que estabelece os requisitos mínimos e as medias de proteção para o trabalho em altura.

Além desses, a avaliação psicossocial pode ser realizadas para funções de riscos que envolvam cargas e descargas, combustíveis inflamáveis, entre outros. Outras avaliações também podem ser necessárias, caso o profissional corra outros riscos em seu ambiente de trabalho.